DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

Exposição "Homeless Place" comissariada pelo Pogo Teatro até 6 de janeiro em Lisboa

"Homeless Place reproduz a ideia de ginásio. Um ginásio para todos." Esta exposição, comissariada pelo Pogo Teatro, conta com as participações de Bertílio Martins, Bruno Canas, Bruno Cecílio, Fernando Fadigas, Francisco Luís Parreira, Luís Elgris, Paulo carmona, Pedro Amaral, Pedro Cabrsl Santo, Ruy Otero e Tiago Batista. A entrada é gratuita.

SINOPSE

Homeless Place reproduz a ideia de ginásio. Um ginásio para todos. Fragmentos de corpos - o artístico, o humano, o social - são espelhados neste labirinto encenado onde o próprio espetador pode participar ativamente começando logo por conhecer o seu peso à entrada.
Num ginásio existe a decoração, a água, os aparelhos, as casas de banho, os televisores sempre a bombar informação, o "personal trainer", o desejo, a asseptização da vida contemporânea denunciada através de uma frieza nada branca onde vultos bailam ao som de elípticas. O local mais parecido com o ginásio é o casino.
Homeless Place auto-encena-se, olha-se ao espelho, confunde-se com a própria vida, a vida nua e bruta. Corpos em queda, a vertigem do ciclista, os "graffiti" animados sem suor, as toalhas onde nos limpamos asseticamente, o pingo-coração de água, o Dalai Lama num "ping" sem "pong" sincronizado por um órgão que bate perdidamente. Sangue-vinho num "loop" finito.

O Pogo tem vindo a desenvolver um estilo de exposições-evento inspirado pelos "dadaístas" e pela linguagem conceptual onde o "ready-made" volta a ser pensado utilizando para isso objetos lúdicos como as máquinas de "flippers", os aparelhos de ginásio, "neons", máquinas de jogo ao bom estilo da feira popular, reorganizando aquilo que hoje se define como entretenimento, numa era onde tudo é cibernético e o espírito jaz em "microships".
Mas como tudo tem solução, o Pogo persiste numa dinâmica "punk" onde se organiza interdisciplinarmente para criar significado alicerçando-se na imaginação e no político para combater aquilo que hoje "glamourosamente" se intitula de indústrias criativas. David contra os media; se Deus antes era o criador hoje será o criativo...
É tempo de suor...

FICHA ARTÍSTICA

Bertílio Martins, Bruno Canas, Bruno Cecílio, Fernando Fadigas, Francisco Luís Parreira, Luís Elgris, Paulo carmona, Pedro Amaral, Pedro Cabrsl Santo, Ruy Otero, Tiago Batista

FICHA TÉCNICA

Comissariado: Pogo Teatro
Produção e comunicação: Carla Cardoso e Olinda Gil

LOCAIS, DATAS E HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO

9 de dezembro de 2012 a 6 de janeiro de 2013
Espaço Rua da Graça, 29, Lisboa
Horário: domingo a quinta, das 17h00 às 21h00; sextas e sábados, das 17h às 00h00. Encerra nos dias 24 e 25 de dezembro e

01 de janeiro
Visitas comentadas por marcação : 968 358 845 / 918 104 112

BILHETEIRA

Entrada gratuita

IMAGEM

Imagem postal
Créditos: Pedro Amaral

CONTACTOS

Pogo Teatro
Rua da Graça, 132, 2º Dto.
1170-171 Lisboa
Telefone: 968 358 845 / 918 104 112
E-mail: pogo.press.012@gmail.com
Facebook: http://www.facebook.com/POGOteatro

Pogo Teatro é uma estrutura apoiada pela Direção-Geral das Artes.




Local:
Lisboa

Data de início:
09 de Dezembro de 2012

Data do fim:
06 de Janeiro de 2013

Ficha técnica:



Calendário

 Abril | Maio | Junho 

D S T Q Q S S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]