DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

"Noite de Amores Efémeros" | A Escola da Noite

Reúne três peças curtas da dramaturga, actriz e encenadora madrilena Paloma Pedrero: "A noite dividida", "Sozinhos esta noite" e "Da noite ao dia".
Três fugazes encontros nocturnos, em que pessoas aparentemente solitárias são confrontadas inesperadamente com desconhecidos, o que as leva a questionar a sua identidade e, eventualmente, a reperspectivar as suas vidas.
Pode um encontro fugaz ser intenso e perturbador a ponto de nos fazer mudar de vida?

| FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA |

Textos Paloma Pedrero
Tradução e encenação Sofia Lobo
Elenco Allex Miranda, Cleia Almeida, Igor Lebreaud, Miguel Magalhães, Neusa Dias, Paula Garcia
Cenografia Atelier do Corvo
Figurinos e imagem gráfica Ana Rosa Assunção
Desenho de luz Danilo Pinto
Sonoplastia Eduardo Gama
Fotografia de Augusto Baptista

"São uma série de obras escritas através dos anos, vinte e três já, que reflectem algo que não me canso de contar: os desconhecidos são anjos que aparecem, sobretudo à noite, para fazer-te ver o que te negas a ver. Ou, dito de outro modo, é mais fácil que um desconhecido possa ver-te como és, reparar como te sentes e beijar a tua ferida, ainda que só por um instante, do que alguém que está ligado a ti e tem medo. Eu, como dizia Blanche, em "Um eléctrico chamado desejo", confiei sempre na bondade dos desconhecidos. (...)" Paloma Pedrero no texto que escreveu para o programa do espectáculo "Noite de Amores Efémeros" .

PALOMA PEDRERO

A autora das três peças que integram o próximo espectáculo d'A Escola da Noite é Paloma Pedrero (Madrid, 1957) e para além de autora teatral também é actriz e encenadora. Licenciada em Antropologia Social pela Universdade Complutense de Madrid. Diplomada em Psicologia Gestáltica pelo Instituto Internacional de Florencia. Estudou Arte Dramática com diversos professores nacionais e estrangeiros, como Zulema Katz, Alberto Wainer, Dominic de Facio ou John Strasberg. Foi fundadora em 1978 do grupo independente "Cachivache", com o qual começa a sua careira profissional como actriz e dramaturga. Em 1985 funda a sua própria companhia: Teatro del Alma, com a qual produz algumas das suas obras. Fundadora e presidente da ONG "Caídos del Cielo", dedicada a ajudar, através do teatro, pessoas em risco de exclusão social.
As suas obras foram traduzidas e editadas em inglês, francês, português, grego, catalão, euskera, polaco, eslovaco, checo, alemão, italiano... E foram representadas em França, Portugal, Grã Bretanha, Estados Unidos, Austrália, Itália, República Checa, Alemanha, Eslováquia, Brasil, Argentina, Chile, Cuba, Porto Rico, México, Costa Rica, Venezuela, Colombia, Gana, entre outros.

Paloma Pedrero também é autora de guiões de cinema, poesia, ficção, ensaio, assim como de numerosas edições críticas. A sua obra e o seu percurso serviram como material para inúmeras análises, estudos e teses de doutoramento. Colabora como cronista em diferentes meios de comunicação (Diario 16, El Mundo, La Razón, Yo Dona, etc.).

Estrutura Financiada pelo Ministério da Cultura/Direcção-Geral das Artes

Local:
TEATRO DA CERCA DE SÃO BERNARDO | COIMBRA

Data de início:
01 de Dezembro de 2010

Data do fim:
19 de Dezembro de 2010

Ficha técnica:



Calendário

 Abril | Maio | Junho 

D S T Q Q S S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]