DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

"Harold Pinter" | Artistas Unidos

Os Artistas Unidos voltam a Harold Pinter - estreando em Portugal Comemoração, a última peça do Autor, a que juntam o breve sketch A Nova Ordem Mundial.
Pois tudo se passa agora, neste mundo que esqueceu a paz.

Ante-estreia no Teatro Aveirense/Aveiro a 6 e 7 de Maio
No Teatro Municipal da Guarda a 13 de Maio
No Cine-Teatro Municipal de Ponte de Sor a 14 e 15 de Maio

Estreia no Centro Cultural de Belém (Pequeno Auditório) a 21 de Maio de 2010
Espectáculos 21, 22, 24, 26, 27 de Maio às 21.00 e 23 de Maio às 17.00

COMEMORAÇÃO | De Harold Pinter
Tradução José Maria Vieira Mendes Com Alexandra Viveiros, Américo Silva, António Simão, João Meireles, Pedro Carraca, Sílvia Filipe, Sylvie Rocha, Tiago Matias, Vânia Rodrigues Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo Assistência de encenação João Miguel Rodrigues e Alexandra Viveiros Co-produção Artistas Unidos/ CCB/ Teatro Municipal de Almada

EMPREGADO O pato é para quem?
LAMBERT O pato é para mim.
JULIE Não é nada.
LAMBERT Não é nada. Então é para quem?
JULIE Para mim.

A NOVA ORDEM MUNDIAL | De Harold Pinter
Tradução de Paulo Eduardo Carvalho com Nelson Boggio, Rúben Gomes, João Delgado e Elmano Sancho Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Luz Pedro Domingos Encenação Jorge Silva Melo Assistência de encenação João Miguel Rodrigues e Alexandra Viveiros
Co-produção Artistas Unidos/ CCB

Dois soldados, um homem vendado, uma tortura. Para ensinar a democracia. Um skecth de Harold Pinter seco, duro, elíptico: estamos onde? Na América Latina torturando um teólogo da libertação? Em Abu Ghraib? Numa pequena sala, dois guardas discutem o que devem fazer à vítima que permanece sentada em silêncio e de olhos vendados à sua frente. A nova ordem mundial reduziu todos os dissidentes ou a individualidade a uma conformidade cega.
Os discursos que ouvimos indicam-nos aquilo que nós não ouvimos. É uma evasão necessária, uma cortina de fumo violenta, enganosa e sofredora ou apenas escarnecedora daquilo que mantém o outro no seu lugar certo. Quando um silêncio verdadeiro se abate ficamos apenas com o eco e mais perto da nudez. Uma das maneiras de se olhar para o discurso é a de se dizer que ele é um estratagema constante para escondermos a nudez.
Harold Pinter

Onde foi o corpo morto encontrado?
Quem encontrou o corpo morto?
Estava morto o corpo morto quando foi encontrado?
Como foi o corpo morto encontrado?
Harold Pinter

HAROLD PINTER Nascido em 1930, Harold Pinter começou por ser actor (com o nome David Baron) e em 1957 escreveu a sua primeira peça, THE ROOM. Autor fundamental do teatro contemporâneo, encenou e representou em algumas das suas mais de trinta peças, que foram traduzidas e encenadas por todo o mundo. Escreveu também para rádio, televisão e cinema, onde é difícil esquecer a colaboração com Joseph Losey. Recebeu já diversos prémios e distinções: o título de Companion of Honour da Rainha e o Premio Nobel em 2005. Os Artistas Unidos realizaram um ciclo com a obra de Harold Pinter durante as temporadas de 2001/2/3. Na ocasião, a editora Relógio d´Água publicou dois volumes com as peças mais importantes do autor. Outros textos vieram a ser editados pela Quasi e pela Dom Quixote. Morreu a 24 de Dezembro de 2008 em Londres. Em 2001, os Artistas Unidos estrearam no Fesival de Portalegre e no Espaço A Capital/ Teatro Paulo Claro a sua peça O SERVIÇO. No ano de 2002, os Artistas Unidos estrearam várias peças da sua autoria tais como: O AMANTE (A Capital/ Teatro Paulo Claro); UM PARA O CAMINHO (A Capital/ Teatro Paulo Claro); CINZA ÀS CINZAS (A Capital Teatro Paulo Claro); TRAIÇÕES (CCB); HÁ TANTO TEMPO (CCB / CAM - Acarte); A COLECÇÃO (CCB) e O ENCARREGADO (Culturgest). Em 2003 a peça VICTORIA STATION teve estreia no Teatro Taborda. Em 2005, os Artistas Unidos estrearam no Teatro Nacional D. Maria II o espectáculo CONFERÊNCIA DE IMPRENSA E OUTRAS ALDRABICES, da sua autoria e de autores como Arne Sierens, Antonio Onetti, Antonio Tarantino, Davide Enia, Duncan Mclean, Enda Walsh, Finn Iunker, Irmãos Presniakov, Jon Fosse, José Maria Vieira Mendes, Juan Mayorga, Letizia Russo, Marcos Barbosa, Miguel Castro Caldas, Spiro Scimone e Boris Vian.

| MAIS INFORMAÇÃO |

http://www.artistasunidos.pt/programacao.htm

Estrutura Financiada pelo Ministério da Cultura/Direcção-Geral das Artes

Local:
Vários Locais (vêr datas)

Data de início:
06 de Maio de 2010

Data do fim:
27 de Maio de 2010

Ficha técnica:



Calendário

 Abril | Maio | Junho 

D S T Q Q S S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]