DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

Ciclo de música e performance | balleteatro

Ciclo de música e performance produzido pelo balleteatro inicia este Sábado dia 3 de Outubro pelas 22h no auditório do balleteatro.

O ciclo é uma iniciativa espontânea do balleteatro cuja intenção é proporcionar um momento informal e descontraído onde se possa usufruir de propostas que cruzam várias áreas artísticas desde o vídeo às esculturas sonoras, instalação, dança, entre outras.

Disnomia , o ciclo criado pelo multi-instrumentalista e produtor Jonathan Saldanha apresenta dois concertos envolvendo músicos que povoam o universo da editora e colectivo portuense SOOPA, e que articulam a cena musical portuguesa nas vastas áreas da música exploratória.
Este ciclo pretende estabelecer e reafirmar rotas colaborativas entre representantes de correntes musicais exploratórias actuais, que vão produzindo um trabalho contínuo em Portugal, promovendo actuações de músicos que abordam, usando diversas estratégias estéticas e formais, o tema do potencial transfigurador da prática musical, e a actividade sonora enquanto processo transmutador e por conseguinte alquímico.
O termo "Disnomia" remete para uma condição fisiológica em que o acesso à memória é vedado; metaforicamente, esta condição é traduzida na reconfiguração do real que todos os intervenientes no projecto levam a cabo no seu trabalho, como se os referenciais culturais não lhes surgissem de forma ordenada (na mitologia grega, Dysnomia era a Deusa da Desordem), mas sim como imagens residuais.

No primeiro dia sobe ao palco pelas 22h a coreografa Né Barros e o músico Alexandre Soares (Co-fundador do grupo GNR como compositor e guitarrista e membro dos Três tristes tigres) e o grupo MENTAL LIBERATION ENSEMBLE com o convidado RAFAEL TORAL.
MLE, agrupamento de geometria variável orientado em torno do eixo da editora portuense Soopa, o M.L.E. engloba um núcleo permanente de músicos (envolvidos em projectos da actual cena portuguesa, como F.R.I.C.S., Mécanosphère e Lost Gorbachevs), bem como diversos participantes ocasionais.
A estética do projecto é inclusiva, abarcando o uso de instrumentos acústicos, eléctricos e electrónicos; o seu "modus operandi" é a improvisação, resultando na criação de organismos sonoros abstractos e em constante fluxo.
Neste concerto, o M.L.E. será constituído por Gustavo Costa, Henrique Fernandes, João Filipe, João Martins, Jonathan Saldanha e Filipe Silva, para além do convidado Rafael Toral, músico e compositor que, em mais de duas décadas de carreira, tem colaborado com John Zorn, Sonic Youth e Keith Rowe, entre outros.

balleteatro | Estrutura Financiada pelo Ministério da Cultura/Direcção-Geral das Artes

Local:
balleteatro

Data de início:
03 de Outubro de 2009

Data do fim:
03 de Outubro de 2009

Ficha técnica:



Calendário

 Abril | Maio | Junho 

D S T Q Q S S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]