DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

Obviamente Demito-o! | A Barraca

A nova estreia na Barraca, em Lisboa, resume a frase dita por Humberto Delgado que anunciou o fim do salazarismo. "Obviamente demito-o!" retrata a luta difícil e corajosa contra a tirania do regime.
"''Obviamente demito-o!''", diz o encenador Hélder Costa, "quer demonstrar que o conflito existente entre o ditador Salazar e o general Humberto Delgado se resume em linhas gerais à contradição inconciliável entre a procura de felicidade e prazer na vida, ou a ideologia do sacrifício, do pecado e do martírio".
Nesta peça, encontram-se dois homens irremediavelmente sós (Salazar e Humberto Delgado) e fala-se do sacrifício, do pecado e do martírio vivido pelos jovens capitães de Abril.

Ficha Técnica:
Autor:
Helder Costa
Actores:
João D'Ávila, Maria do Céu Guerra, Sérgio Moura Afonso, Mariana Abrunheiro, Rita Fernandes, Susana Costa, Adérito Lopes, Luís Thomar, Sérgio Moras
Encenador:
Helder Costa

Local:
"A Barraca" é a Companhia de Teatro - Lisboa

Data de início:
30 de Abril de 2008

Data do fim:
15 de Junho de 2008

Ficha técnica:



Calendário

 Abril | Maio | Junho 

D S T Q Q S S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]