DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Accessibility


print

O Teatro das Beiras apresenta "Pagar? Aqui, ninguém paga" até 15 de dezembro na Covilhã

Com tradução e encenação de Gil Salgueiro Nave, cenografia e figurinos de Luís Mouro e sonoplastia de Hélder Gonçalves, "Pagar? Aqui, ninguém paga" de Dario Fo conta com as interpretações de Fernando Landeira, Pedro Damião, Pedro da Silva, Sara Gabriel e Sónia Botelho. Esta reposição do Teatro das Beiras pode ser vista até 15 de dezembro na Covilhã.

"Pagar? Aqui, ninguém paga"
Teatro das Beiras
Reposição
Até 15 de dezembro às 21h30
Covilhã

SINOPSE

Dario Fo, Prémio Nobel da Literatura em 1997, reescreve em 2008 uma nova versão de um dos mais carismáticos e simultaneamente mais representados textos da sua extensa obra dramática; "Non si paga! Non si paga!". Estreada em Milão no ano de 1974, o êxito da primeira versão desta obra marcou um tempo e assinalou o caráter interventivo de um teatro disponível e atento às preocupações sociais e políticas que caracterizaram a sociedade europeia dos anos oitenta do passado século. Não deixa de ser curioso observar neste texto a coincidência com a situação atual não só no contexto europeu mas também a sua abrangência à situação de crise global mundial. Num tom de comédia, a obra fala-nos de cidadãos em rutura inconsciente com as regras de civilidade instaladas. Em concreto, duas donas de casa desencadeiam involuntariamente a transgressão de valores tidos como inabaláveis e estruturantes de um sistema assimilado, rompendo com a sua atitude o sentido cívico e os bons costumes numa experiência de luta pela sobrevivência familiar. Este texto põe de novo em discussão a velha polémica sobre o envelhecimento dos textos políticos, como as farsas que Dario Fo escreveu nos duros anos setenta do passado século, os "anos de chumbo" numa Itália ameaçada pelo ressurgimento do fascismo. Esse perigo, assente nas debilidades da coesão e estruturação social, foi sempre uma das profundas preocupações visíveis na obra escrita e representada pelo autor e possivelmente será esse o motivo que deu origem a esta operação de "atualização" praticada em "Sotto paga! Non si paga!". Quase quarenta anos depois, reescreve o texto, muda-lhe o título e situa a ação na Itália de hoje.

FICHA ARTÍSTICA

Tradução e encenação: Gil Salgueiro Nave
Cenografia e figurinos: Luís Mouro
Sonoplastia: Hélder Gonçalves
Interpretação: Fernando Landeira, Pedro Damião, Pedro da Silva, Sara Gabriel e Sónia Botelho.

IMAGEM

Créditos: Paulo Nuno Silva
Vídeo em http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=f2JbI_-Sgao

LOCAIS, DATAS E HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO

11 a 15 de dezembro de 2012, às 21h30
Auditório do Teatro das Beiras
Teatro das Beiras, Travessa da Trapa nº 2, 6200 Covilhã

BILHETEIRA

Preço: 6,00 euros (50% de desconto para sócios, jovens até aos 25 anos e reformados) e 1,00 euro para crianças até aos 12 anos
A bilheteira abre uma hora antes do espetáculo.

PÚBLICO

Espetáculo para maiores de 12 anos.

CONTACTOS

Teatro das Beiras, Travessa da Trapa nº2, 6200 Covilhã
Telefone: 275336163
E-mail: geral@teatrodasbeiras.pt
Website: www.teatrodasbeiras.pt




Local:
Teatro das Beiras, Covilhã

Data de início:
13 de Dezembro de 2012

Data do fim:
15 de Dezembro de 2012

Ficha técnica:



Calendar

 April | May | June 

S M T W T F S
      
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
     

Search


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Footer

© Direção-Geral das Artes, all rights reserved.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Web Accessibility icon[D]