DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

"Íon" de Eurípides - com encenação de Luis Miguel Cintra - no Teatro da Cornucópia, em Lisboa, até 1 de junho

O Teatro da Cornucópia estreou no dia 15 de maio o espetáculo "Íon", adaptação da tradução de Frederico Lourenço da tragédia de Eurípides. A peça vai estar em cena até 1 de junho, numa curta série de apresentações, de quarta-feira a sábado às 21h00 e domingo às 16h00.

TEATRO | LISBOA
TEATRO DA CORNUCÓPIA
"ÍON" DE EURÍPIDES
15 de maio a 1 de junho
quarta-feira a sábado às 21h00 e domingo às 16h00
Teatro da Cornucópia
Lisboa


SINOPSE

Pelo Teatro da Cornucópia

O Teatro da Cornucópia acaba de pôr em cena numa curtíssima série de apresentações o espetáculo "Íon", adaptação da tradução de Frederico Lourenço da tragédia de Eurípides. Com a encenação que inseriu no texto um excerto de um texto de Pasolini e materiais sonoros e cenográficos contemporâneos, como as cores da bandeira nacional e duas canções de Zeca Afonso e mesmo um comentário do encenador ao próprio espetáculo, a Cornucópia desta maneira deu resposta ao desafio do São Luiz Teatro Municipal de apresentar um trabalho naquele teatro a propósito do 40.º aniversário do 25 de Abril e de o estrear na noite de 24 para 25 de abril, 40 anos depois. É um espetáculo especial que, como não podia deixar de ser nestas coordenadas, muito significou para a Companhia. Por isso, com a concordância do São Luiz, que o coproduziu, e tendo os atores também conseguido prolongar a sua disponibilidade, faremos, na nossa sede, ainda mais outra curta série de representações.

Nunca o Teatro da Cornucópia representou Eurípides, e o "Íon" é uma das suas mais belas peças. O espetáculo é, à luz da consciência da História que os 40 anos de Democracia que agora se comemoram, uma leitura da história mítica de Íon, filho do sol e futuro salvador da Cidade que a deverá ressuscitar da sua decadência. Tudo se passando no atrito ou na tensão trágica ou descarga cómica, conforme o ponto de vista, entre a pequena humanidade individual das três figuras principais e o seu imenso destino político. O espetáculo permitiu trabalhos excecionais a um pequeno grupo de atores com muita experiência de trabalho em comum na Companhia, a que se juntou, no papel titular, o muito jovem Guilherme Gomes, ainda aluno da Escola Superior de Teatro e Cinema e já conhecido como recitante de poesia.

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA

Encenação e adaptação: Luis Miguel Cintra
Tradução: Frederico Lourenço
Cenografia e figurinos: Cristina Reis
Desenho de luz: Cristina Reis, Luis Miguel Cintra e Rui Seabra
Interpretação: Guilherme Gomes, João Grosso, José Manuel Mendes, Luís Lima Barreto, Luis Miguel Cintra e Luísa Cruz
Coprodução: Teatro da Cornucópia e São Luiz Teatro Municipal

LOCAIS, DATAS E HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO

15 de maio a 1 de junho de 2014
quarta-feira a sábado às 21h00 e domingo às 16h00
Teatro da Cornucópia
Lisboa

CONTACTOS

Teatro da Cornucópia / Teatro do Bairro Alto
R. Tenente Raul Cascais, 1. A, 1250-268 Lisboa
Telefone: 21 396 15 15
E-mail: info@teatro-cornucopia.pt
Website: http://www.teatro-cornucopia.pt










Local:
Teatro da Cornucópia, Lisboa

Data de início:
15 de Maio de 2014

Data do fim:
01 de Junho de 2014

Ficha técnica:



Calendário

 Março | Abril | Maio 

D S T Q Q S S
    
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]