DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

Opart apresenta 3ª edição do "Festival ao Largo"

Depois do sucesso verificado nas duas primeiras edições - e uma vez mais com apoio principal do Turismo de Portugal - o Opart volta a oferecer a Lisboa o Festival ao Largo que promete animar as noites de verão, transformando um dos seus largos mais emblemáticos num palco de excelência, com perto de duas dezenas de espectáculos de música sinfónica, coral-sinfónica e dança entre 30 de Junho e 31 de Julho de 2011. Como sempre, ao ar livre e de entrada gratuita.

Nesta terceira edição do Festival ao Largo, é dada continuidade à apresentação das principais orquestras nacionais. Para além da orquestra residente, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, sobem ao palco do Largo a Orquestra Gulbenkian e a Orquestra Metropolitana de Lisboa, para além de consagrados cantores líricos portugueses tais como Jorge Vaz de Carvalho (barítono), Mário João Alves (tenor), Susana Gaspar (soprano) e João Fernandes (baixo), entre outros.

Os maestros britânicos Martin André (director artístico do São Carlos) e Julia Jones, os portugueses Pedro Neves e Cesário Costa, o austríaco Peter Guth e o italiano Giovanni Andreoli são os responsáveis pela direcção musical das noites englobadas no "Ciclo de Música" do Festival. Durante um mês, poderão ser apreciadas sonoridades totalmente diversas no Largo de São Carlos, numa viagem pelo universo de compositores como Mozart, Dvorák, Bizet, Strauss, Verdi, Rossini, Tchaikovski ou Donizetti.

Destaque especial para a participação internacional deste ano, na noite Músicas do Mundo, Canto Harmónico, a 4 e 5 de Julho, em que o "Ensemble Tuva", oriundo da república russa de Tuva, sobe ao palco do Largo de São Carlos para um programa de canções tradicionais compostas por várias tonalidades vocais. Acompanhados por instrumentos típicos, a técnica musical destes "throat singers" (cantores de garganta, em tradução literal) é considerada "extraordinária" pela revista Scientific American, sendo necessário "ouvir para acreditar".

Diálogos, Pianos & Percussão é uma novidade absoluta desta 3ª edição do Festival. Esta é uma proposta musical que reúne, a 13 e 14 de Julho, 4 pianistas de renome internacional - Mário Laginha com Bernardo Sassetti e Artur Pizarro com Vita Panomariovaite - acompanhados por dois percussionistas de excepção: Elizabeth Davis e Pedro Carneiro. O programa inclui uma primeira parte preenchida por uma peça em estreia absoluta, encomendada para este Festival, intitulada Percussionistas IV - O regresso de Mário Laginha e Bernardo Sassetti, e na segunda parte será interpretada a Sonata para dois pianos e percussão de Bela Bartók.

Nesta edição, o Festival ao Largo estreia também um convite ao seu já conhecido público: "Venha dançar a valsa no Largo de São Carlos!". A 16 e 17 de Julho, o maestro austríaco Peter Guth dirige a Orquestra Sinfónica Portuguesa na interpretação de conhecidas valsas e polcas da família Strauss, proporcionando ao público do Festival a hipótese de experimentar a magia da valsa vienense em pleno Chiado lisboeta.

CICLO DE DANÇA
A Companhia Nacional de Bailado apresenta, no Festival ao Largo 2011, dois sucessos da sua presente temporada. uma coisa em forma de assim é o primeiro programa que - sendo uma obra co-criada por nove dos mais importantes coreógrafos portugueses acompanhados ao piano por Bernardo Sassetti - promete sensibilizar o público do Largo de São Carlos ao longo de duas noites. O segundo programa, que encerra esta edição do Festival, é a mais recente criação da coreógrafa Olga Roriz para a Companhia Nacional de Bailado: Noite de Ronda.

Sobre o Festival ao Largo:
O "Festival ao Largo" é uma festa de música e dança que tem lugar ao ar livre, no Largo de São Carlos, no Chiado, após as festas dos santos populares de Lisboa. Produzido pelo OPART, entidade gestora do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) e da Companhia Nacional de Bailado (CNB) teve a sua primeira edição em Junho/Julho de 2009. Os espectáculos são de entrada livre e pretendem transformar o coração da cidade de Lisboa num cenário natural e privilegiado para a fruição de música e dança de qualidade internacional, proporcionando um factor de atracção e de animação ao público lisboeta e para quem visita a cidade, nomeadamente a área da Baixa-Chiado-Bairro Alto.

Para mais informações, consulte o dossier de imprensa em www.festivaoaolargo.com

Estrutura Financiada pelo Ministério da Cultura/Direcção-Geral das Artes

Local:
Largo de São Carlos | Lisboa

Data de início:
30 de Junho de 2011

Data do fim:
31 de Julho de 2011

Ficha técnica:



Calendário

 Fevereiro | Março | Abril 

D S T Q Q S S
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
   

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]