DGArtes - Agenda Online

Header Gestão Electrónica de Concursos

Acessibilidade


imprimir

"Um Grito Parado no Ar", pelo Teatrão, até 5 de janeiro na Oficina Municipal do Teatro

Com texto de Gianfrancesco Guarnieri e direção de Antonio Mercado, "Um Grito Parado no Ar", pelo Teatrão, vai estar até 5 de janeiro na Oficina Municipal do Teatro, em Coimbra.

SINOPSE

Neste espetáculo O Teatrão convida-nos para embarcar numa viagem onde se cruzam feirantes, alunos do ensino recorrente, cauteleiros, mulheres a dias, um vizinho tarado, jovens vindos do interior, um chui cansado, prostitutas, um casal no final da relação, professores universitários, uma mãe com a sopa sempre ao lume, o dono de uma tasca e adeptos fanáticos. São habitantes de uma cidade contemporânea que nos abrem as portas para penetrarmos sem medo na essência dos nossos dramas e conseguirmos rir do patético das nossas vidas.
Teatro dentro do teatro - um grupo de atores luta com sérias dificuldades para conseguir estrear o seu espetáculo, que pretende ser um conjunto de fragmentos da realidade urbana onde o vídeo é usado para captar o real e motivar a criação das personagens. A relação entre a vida dos atores, os testemunhos reais e as personagens que estão a criar mostra uma fronteira muito ténue entre o palco e a vida, onde todos se tentam adaptar a uma nova realidade, onde todos sentem que as portas se vão fechando e se torna cada vez mais difícil manter a esperança.
Um grito parado no ar (1973) foi um dos textos que mais comoveu o Brasil nos tempos de resistência e que agora, adaptado à nossa realidade, onde o samba de Toquinho se transforma em fado, nos mostra as voltas que as pessoas dão à vida para poderem ter ou manter o seu trabalho e concretizar os seus sonhos. Sonhos em tempos difíceis, mas sonhos dos quais as personagens não podem abrir mão, embora corram o risco de serem engolidos pela realidade vertiginosa do quotidiano.

FICHA ARTÍSTICA

Texto: Gianfrancesco Guarnieri
Direção: Antonio Mercado
Elenco: Inês Mourão, Isabel Craveiro, João Castro Gomes, Nuno Carvalho, Margarida Sousa e Pedro Lamas
Cenografia e Figurinos: O Teatrão
Desenho de Luz: Jonathan de Azevedo
Adaptação e Direção Musical: Luís Figueiredo
Apoio Vocal: Cristina Faria
Banda Sonora: Rui Capitão
Vídeo: Alexandre Mestre
Entrevistas: Alexandre Mestre, Cláudia Pato e Rui Capitão
Grafismo: Sofia Frazão
Fotografia: Carlos Gomes
Direção de Produção: Cátia Oliveira
Produção Executiva: Inês Mourão, Margarida Sousa, Nuno Carvalho
Direção Técnica: João Castro Gomes
Equipa Técnica: Alexandre Mestre, Jonathan Azevedo e Rui Capitão
Estagiária Assistente: Ana Bárbara Guimarães
Produção: O TEATRÃO 2012

IMAGEM

Fotografia: Carlos Gomes

LOCAIS, DATAS E HORÁRIOS DE APRESENTAÇÃO

18 de outubro de 2012 a 5 de janeiro de 2013
quinta a sábado às 21h30
Oficina Municipal do Teatro
Coimbra

BILHETEIRA

Bilhete normal: 10 euros
Bilhete para estudantes, maiores de 65 anos: 5 euros
Bilhete para grupos superiores a 10 pessoas: 4 euros

CONTACTOS

O Teatrão
Oficina Municipal do Teatro
Rua Pedro Nunes, 3030-199 Coimbra
Telefone: 239 714 013
E-mail: geral@oteatrao.com
Website: www.oteatrao.com
Blogue: http://oteatrao.blogspot.com/

O Teatrão é apoiado pela Direção-Geral das Artes.




Local:
Coimbra

Data de início:
19 de Dezembro de 2012

Data do fim:
05 de Janeiro de 2013

Ficha técnica:



Calendário

 Novembro | Dezembro | Janeiro 

D S T Q Q S S
  
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
  

Pesquisa


Login

Brevemente disponível

Newsletter

Brevemente disponível


Rodapé

© Direção-Geral das Artes, todos direitos reservados.

  • Logo Ministério da Cultura
  • Logo Instituto das Arates
  • Logo Programa Operacional da Cultura
  • Bandeira da União Europeia
  • Símbolo de conformidade nível AA das Directrizes de Acessibilidade Web
  • Símbolo de Acessibilidade à Web[D]